HELLO DARKNESS

HELLO DARKNESS

JUST A LITTLE REMINDER...

JUST A LITTLE REMINDER...

REMARKABLE PEOPLE



FERNANDO PESSOA

(Lisboa, 1888 - 1935, Lisboa)


"Não sou nada.
Nunca serei nada.
Não posso querer ser nada.
À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo.


************
"I am nothing.
I will never be anything.
I cannot want to be anything.
Apart from that, I have in me all the dreams in the world."

or...

"I am not nothing.
I will never be nothing.
I cannot want to be nothing.
Apart from that, I have in me all the dreams in the world."


(Álvaro de Campos in "Tabacaria")




LISBOA - Chiado

LISBOA - Chiado
"Fernando Pessoa" by Lagoa Henriques. The place: "Café A Brasileira" (Brazilian Café) - 1905.

PLAYLIST TODAY




MUSIC IS THE PASSION REPORT



♥ ♥ ♥


PLAYING SOFTLY WHILE SOMEONE SANG THE BLUES



Saturday, Jul 22, 2017 - 17:57





SALVADOR SOBRAL - NEM EU [DORIVAL CAYMMI]



YouTube – "Salvador Sobral - Tópico"





ANTONY HEGARTY + LEONARD COHEN - IF IT BE YOUR WILL [COHEN]



YouTube – "Oggmonster"





CHAN MARSHALL (CAT POWER) - I'VE BEEN LOVING YOU TOO LONG [OTIS REDDING]



YouTube – "anaruido"





JANIS JOPLIN - ME & BOBBY MCGEE [CHRIS CHRISTOPHERSON]



YouTube – "ThE DuCk"





JEFF BUCKLEY - LILAC WINE [JAMES SHELTON]



YouTube – " roberta panzeri"





DAVID BOWIE - WILD IS THE WIND [JOHNNY MATHIS]



YouTube – "Peter Music HD"







_____________________


LEANING INTO THE AFTERNOONS by PABLO NERUDA

«Inclinado en las Tardes»



YouTube - "FourSeasons Productions"






CHANGING BATTERIES - OSCAR WINNING ANIMATED SHORT FILM



YouTube - "Bzzz Day"





DIALA BRISLY - A BEAUTIFUL YOUNG LADY

(a huge thanks to my daughter who e-mailed this video to me)



BBC Newsnight

«Syria is devastated by five years of war - and it's taken a huge toll on the country's children. Here's one woman - artist Diala Brisly - who is trying to make life that little bit more bearable for Syria's kids.»

Syria is devastated by five years of war - and it's taken a huge toll on the country's children. Here's one woman -...

Publicado por BBC Newsnight em Domingo, 20 de Março de 2016






A JOURNEY BACK TO ENDEARMENT

A JOURNEY BACK TO ENDEARMENT



FLYING A SECRET



I got here to hide. From equations and patterns. From repetition, after all.
Closed the door and got me a special place where I thought I could
somehow sit close to the stars. But I soon found out that the sky was
still opaque, no matter what the steps. And so I left. Again.

I thought, then, I could build me a different ceiling, a new-coloured scrap
of highness. And then make it work. Where I could dream, more than I sleep.
I have long decided that sleeping is overrated - that I know for sure. So I
take that time instead to travel the night alone and in the meantime I allow
myself to fly, unlike stated before... Yes, I like playing with paradox, to
expose the inside of words and the revelation of writing down the voice of a
silence. My adventurous, ever-walking silence.

So I came back. Here, within this quiet world, I intend to gather all my
things usually kept hidden or inactive. They are here to speak.

And since the future is a stand-by secret, I want to live by a precocious
clock, at every running instant of every entering second.

And I will not slow down until my "future exists now" - kind of reverse
quoting Jacob Bronowski.


Ana Vassalo
in my site "CAFEÍNA"(former "No Flying Allowed")
Nov 11, 2010 - 11:54



THE WALK OF TIME

THE WALK OF TIME

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

CAMINHAR...






"Walking in the Sand" by Jennifer Robbins-Mullin



(Gosto de pensar que há grande sabedoria nas formulações da monástica medieval:

o monge, asceta, privado de todo o supérfluo terreno, vive em total recolhimento,

em meditação e pobreza, buscando o sentido e a verdade da existência. "NASCER


É PARTIR, CAMINHAR É VIVER E MORRER É CHEGAR", assim medita e escreve,

nos "scriptoria" do mosteiro, então lugar exclusivo de produção e difusão da cultura.)




CAMINHAR...


Às vezes, só às vezes, por um breve segundo interrompido nas horas repetidas que

nos cercam, surpreendemo-nos pequenos, num despojo de fim de dia que reconhece

o sentido nas razões do caminhar. E a essência que era oculta perde a força de

segredo. E surge, brilho ante nós, cristal nu da eternidade, mesmo ali, desse longe

enfim chegado, a cada sopro de brisa, cada árvore milenar, de uma asa levantada ao

desbragado luar, a cada montanha altiva com picos feitos de céu, e o que mais nos

acompanha, passagem que somos, já breve...



Paramos então a pressa, na ânsia de receber o que antes nem nos tocou, e respiramos

completos a coragem de ser vida: na verdade já esquecida de um beijo que não tem

data, do passo a saber o ritmo que dança de fantasia, do sol tão bravo de si que nos

fustiga de luz e larga por fim a lágrima que chora um olhar feliz... na explosão de cor

em festa no jardim grato da infância - que já crescemos, sim, mas nunca partiu de vez

- do som heróico da banda na alegria da parada, as ameias defensivas a ruir na emoção,

ou gritos em gargalhada nessa praia tão antiga que dividimos pelos anos com amigos de

ombro eterno... da festa de verão tardio na terra a saber a pátria, da fartura quente e

doce em açúcar amarelo, do baile feliz de aldeia que à idade não contempla, do lapso de

idade na mente, assim tão lúcida, que rouba sem hesitar o possível que há no sonho...

do sino que bate o tempo pelo eco do silêncio, ou a ribeira em desassombro a correr

novas demandas ao murmúrio dos pinheiros, do livro em branco rescrito pela cor certa

da memória... E um calor de mãos unidas à beira-mar do amor!...



Às vezes, só às vezes, somos enormes de vida!... E percebemos, então, que o tempo

sabe de nós as respostas por viver.



Ana Vassalo
19-10-2010 -23:59

Origem das Imagens: site "Antithesis Common.com".

2 comentários:

  1. "Às vezes, só às vezes, somos enormes de vida!... E percebemos, então, que o tempo

    sabe de nós as respostas por viver."
    ****************************************
    *******************************************
    *********************************************
    EU E' QUE NAO SEI QUE PALAVRAS DIZER(ESCREVER),MANINHA QUERIDA!!!
    _nAO SEI!
    _LER SEI!_LER SEI! E...SENTIR TAMBEM!!!!!!

    JINHOSSSSSSSS!!!!!

    ResponderEliminar
  2. FELIZ PASCOA QUERIDA!!!!
    ************************
    BEIJINHOS SEM CONTa!

    ResponderEliminar

Comentários: