HELLO DARKNESS

HELLO DARKNESS

JUST A LITTLE REMINDER...

JUST A LITTLE REMINDER...

REMARKABLE PEOPLE



FERNANDO PESSOA

(Lisboa, 1888 - 1935, Lisboa)


"Não sou nada.
Nunca serei nada.
Não posso querer ser nada.
À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo.


************
"I am nothing.
I will never be anything.
I cannot want to be anything.
Apart from that, I have in me all the dreams in the world."

or...

"I am not nothing.
I will never be nothing.
I cannot want to be nothing.
Apart from that, I have in me all the dreams in the world."


(Álvaro de Campos in "Tabacaria")




LISBOA - Chiado

LISBOA - Chiado
"Fernando Pessoa" by Lagoa Henriques. The place: "Café A Brasileira" (Brazilian Café) - 1905.

PLAYLIST TODAY




MUSIC IS THE PASSION REPORT



♥ ♥ ♥


PLAYING SOFTLY WHILE SOMEONE SANG THE BLUES



Saturday, Jul 22, 2017 - 17:57





SALVADOR SOBRAL - NEM EU [DORIVAL CAYMMI]



YouTube – "Salvador Sobral - Tópico"





ANTONY HEGARTY + LEONARD COHEN - IF IT BE YOUR WILL [COHEN]



YouTube – "Oggmonster"





CHAN MARSHALL (CAT POWER) - I'VE BEEN LOVING YOU TOO LONG [OTIS REDDING]



YouTube – "anaruido"





JANIS JOPLIN - ME & BOBBY MCGEE [CHRIS CHRISTOPHERSON]



YouTube – "ThE DuCk"





JEFF BUCKLEY - LILAC WINE [JAMES SHELTON]



YouTube – " roberta panzeri"





DAVID BOWIE - WILD IS THE WIND [JOHNNY MATHIS]



YouTube – "Peter Music HD"







_____________________


LEANING INTO THE AFTERNOONS by PABLO NERUDA

«Inclinado en las Tardes»



YouTube - "FourSeasons Productions"






CHANGING BATTERIES - OSCAR WINNING ANIMATED SHORT FILM



YouTube - "Bzzz Day"





DIALA BRISLY - A BEAUTIFUL YOUNG LADY

(a huge thanks to my daughter who e-mailed this video to me)



BBC Newsnight

«Syria is devastated by five years of war - and it's taken a huge toll on the country's children. Here's one woman - artist Diala Brisly - who is trying to make life that little bit more bearable for Syria's kids.»

Syria is devastated by five years of war - and it's taken a huge toll on the country's children. Here's one woman -...

Publicado por BBC Newsnight em Domingo, 20 de Março de 2016






A JOURNEY BACK TO ENDEARMENT

A JOURNEY BACK TO ENDEARMENT



FLYING A SECRET



I got here to hide. From equations and patterns. From repetition, after all.
Closed the door and got me a special place where I thought I could
somehow sit close to the stars. But I soon found out that the sky was
still opaque, no matter what the steps. And so I left. Again.

I thought, then, I could build me a different ceiling, a new-coloured scrap
of highness. And then make it work. Where I could dream, more than I sleep.
I have long decided that sleeping is overrated - that I know for sure. So I
take that time instead to travel the night alone and in the meantime I allow
myself to fly, unlike stated before... Yes, I like playing with paradox, to
expose the inside of words and the revelation of writing down the voice of a
silence. My adventurous, ever-walking silence.

So I came back. Here, within this quiet world, I intend to gather all my
things usually kept hidden or inactive. They are here to speak.

And since the future is a stand-by secret, I want to live by a precocious
clock, at every running instant of every entering second.

And I will not slow down until my "future exists now" - kind of reverse
quoting Jacob Bronowski.


Ana Vassalo
in my site "CAFEÍNA"(former "No Flying Allowed")
Nov 11, 2010 - 11:54



THE WALK OF TIME

THE WALK OF TIME

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

'A THOUSAND KISSES DEEP'








                                                                     “ ‘Well Marianne it's come to this time when we are really so old
                                                                        and our bodies are falling apart and I think I will follow you
                                                                        very soon. Know that I am so close behind you that if you stretch
                                                                        out your hand, I think you can reach mine, ”
                                                                     “ 'And you know that I've always loved you for your beauty and
                                                                        your wisdom, but I don't need to say anything more about that
                                                                        because you know all about that. But now, I just want to wish
                                                                        you a very good journey. Goodbye old friend. Endless love, see
                                                                        you down the road.'”

                                                                                                                               in RollingStone, Aug 7, 2016



Teria eu qualquer coisa como uns dezoito anos, quando li algures uma curiosidade cultural que me revolucionou e mergulhou em caos prévias teorias e convicções.

Foram alguns, os livros com este efeito sobre mim, uns mais pragmáticos, outros subjectivos. Sucede que neste, em particular, a autora, uma americana de muitas e polémicas vivências, contava, pela voz do seu protagonista posto em modo de confidência com um amigo, que os Índios, quando sentem completa a viagem, simplesmente decidem que é chegado o seu momento. E então, deitam-se no chão, viram-se para a parede e serenamente aguardam o desfecho natural que a sua vontade decretou. [Morrer é chegar, certo? Resta saber onde, quando estamos tão longe em tempo espiritual e espaço intelectual dos monges medievais que o poderiam explicar, embora possamos adivinhar-lhes a intenção e ainda que cepticamente.] E acontece, alegadamente. Eles, os Índios, lá ‘chegam’.

Verdade ou patranha, certo é que registei aquele estranhíssimo, incrédulo momento de informação, que se me agarrou para a vida. Porque, contra todas as probabilidades de tudo o que me conhecia e em que me revia, a simples ideia da coisa sitiou-me.

Por isso, quando há pouco mais de dois meses li a tua carta de despedida - e nota que a reli várias vezes - soube que não tardarias. Quem escreve uma tal carta a uma mulher, amor presente ou passado, quer mesmo segui-la. E por senti-lo tão fortemente, não fui capaz de publicá-la, como me tinha inicialmente proposto, assim como quem quer, a qualquer preço, negar uma inevitabilidade.

Cá estamos hoje, notícias na mão, e mais uns quantos sonhos rasgados em realidade. O tempo não pára, por mais que, sabiamente, devesse abrir excepções. Está-se nas tintas. Ou vê melhor...

E no entanto, sabes?, resguardo-me nesta consolação de que já em vida eras eterno. Há pessoas assim, para júbilo de uns poucos, congenitamente perdidos num mundo decrépito, pejado de almas tão comuns, abrigadas num despovoamento que destrói.

Nessa escada que vamos escalando sem nenhum fim à vista, existe um degrau em que, subitamente, nos cremos capazes de lhe pôr fim. De a controlar para vencer. E se a vontade é forte e genuína, acreditamos conseguir. Para que a amarga e estridente voz que ciclicamente se hospeda na mente se cale em sossego, por fim.

Marianne estará, certamente, esperando por ti, com uma cadeirinha vaga, a seu lado, para te acolher em ternura e descanso num lugar esculpido de sol a fogo, harpas de mar e coração. Não estão sós, de resto: uma sobrevivente Utopia de loucos poetas da vida se vai erguendo numa ilha de imortais. No teu disfarce de rio, é lá, desde sempre, que tens lugar cativo.

Até ao fim do amor, então.

So long, dear Poet.

 
 
IF IT BE YOUR WILL - LIVE DUET W/ ANJANI THOMAS - WARSAW, 1985
 
«There is, on both sides of this struggle, men of good will. That is important to remember.»

 YouTube: "messalina 79"
 
 
 
A THOUSAND KISSES DEEP
 
«no matter if the road is long / no matter if it's deep /
no matter if the moon is gone / and the darkness is complete»
 
YouTube: "natales"
 
 

Ana Vassalo
Nov 11, 2016

3 comentários:

  1. "SO LONG"!... Dear dear POET!TUDO E TODOS! E... venho por ai abaixo procurando sitio onde postar e encontro EXACTAMENTE ESSE POETA MAIOR E O TEU OSTO UNICO E O TEU SENTIMENTO< UNICO TAMBEM!

    MANINHA QUE ESTEJAS BEM E MEU PRINCIPAL DESEJO_TU E TEUS AMORES********!
    E... OLHA, AQUI TE DEIXO PARTES SECRETAS DO MEU CORACAO! ABRACINHOS QUERIDINHA!!!!!
    Tua mana rande (encolhidissima!)

    https://youtu.be/oTenx7RBQZs

    ResponderEliminar
  2. MANINHA, acho que metade do meu coment. foi comido pois comecei por falar dos TEUS TRES MARAVILHOSOS PRINCIPES E DE COMO O JOAO ESTA ALTISSIMO!" AMEI ESSA BELA ENTRADA PARA O TEU PARAISO EM FABULOSAS VIAGENS! OLHA, ESTOU AQUI PERDIDA ENTRE MUSICAS QUE ILUMINAM MINHA MENTE E CORACAO E POR PALAVRAS TUAS CHEIAS DE VERDADE< INTERIORIDADE E BELEZA! E... EU TE AMO!Tua irma RANDE!...

    ResponderEliminar
  3. Maninha grande, obrigada pelas palavas queridas de sempre. Estamos todos bem por cá, não te preocupes. Ontem, lembrei-me muito de ti por causa do Cohen, imaginando que devias estar tristíssima. Eu também, minha querida, mas pelo menos continuamos com eles, essas mentes geniais q acompanhámos pela vida, através do seu imenso talento que fica registado na sua obra. Menos mal, talvez a única vantagem de não se ser anónimo - poder doar-se ao mundo para lá da vida. Beijinho, querida, com um abracinho também. <3 Love u sweetie.

    ResponderEliminar

Comentários: